If you intresting in sport buy steroids you find place where you can find information about steroids , also intresting stanozolol online

Cuidados com seu alternador

Conhecendo o seu alternador:

alternador.jpgO alternador é um daqueles componentes do veículo que o motorista só sabe que existe se apresentar problema que o deixa literalmente na mão. Para evitar que esse dispositivo desempenhe papel de vilão, é bom ter alguns cuidados.

O que é
Ao contrário do que muitos motoristas pensam, não é a bateria que gera a eletricidade que alimenta o sistema de ignição e todos os componentes elétricos e, sim, o alternador. Esse dispositivo transforma energia mecânica (que vem da polia do virabrequim) em elétrica, por meio de um eletroímã. Por isso, só funciona com o motor ligado. Os alternadores são identificados pela amperagem, que é a capacidade de energia que produzem, para facilitar a reposição.

Funções
O alternador tem três funções principais: carregar a bateria, fornecer energia elétrica para alimentar os componentes elétricos e eletrônicos do veículo e poupar a energia armazenada na bateria, quando o motor está em funcionamento. De acordo com o engenheiro de vendas para a América Latina da Remy (fabricante) Maurício Gayubas, “nos modelos mais modernos, o alternador fornece informações ao módulo eletrônico e ao tacômetro (conta-giros), o que exige funcionamento correto desse componente para evitar problemas”.

Manutenção

Os fabricantes prevêem que o alternador, em uso normal, pode durar cerca de 300 mil quilômetros, sem apresentar problema. Mas, de acordo com o engenheiro da Remy, para conseguir essa alta quilometragem, o proprietário do veículo deve fazer manutenção aos 200 mil quilômetros, quando é necessário trocar os rolamentos e as ‘escovas’ de carvão. Já o técnico José Augusto Gomes Queiroz, da Eletrotécnica Consultoria e Treinamento, recomenda revisões periódicas, a cada 50 mil quilômetros. Mas alerta que essa quilometragem é mais reduzida (de 30 mil) para veículos que rodam constantemente em estradas de terra.

Cuidados
Algumas medidas podem ajudar a conservar o alternador e aumentar sua durabilidade. Portanto, é conveniente conferir, pelo menos a cada seis meses, o estado da correia que o movimenta (conhecida como correia do alternador) e se ela não está nem muito esticada, nem muito frouxa; verificar se a polia está trincada ou descascada; se o alternador está bem preso ao esticador; se os terminais (plugues) estão bem presos; e se as buchas dos mancais (tampas) não estão desgastadas.

Excesso
O problema mais comum é o desgaste provocado pelo excesso de componentes elétricos. O veículo sai de fábrica com um alternador capaz de atender todo o consumo elétrico. Mas alguns proprietários resolvem instalar, depois, uma grande quantidade de acessórios, como som de alta potência, faróis de neblina, vidros elétricos, DVD e outros, e esses componentes começam a puxar mais energia do que o alternador pode fornecer, explica o engenheiro Gayubas. Esse excesso de componentes provoca perda de rendimento e queima do alternador. Em alguns casos, o proprietário poderá repará-lo, a um custo entre R$ 150 e R$ 400. Em outros, terá que comprar um novo, que, no caso de modelos com motor 1.0, custa cerca de R$ 450.

Para o técnico José Augusto, quem quiser instalar mais equipamentos no carro deve pensar em trocar dois componentes essenciais: a bateria e o alternador, que precisam ser substituídos por outros, de maior amperagem. Isso vem ocorrendo bastante, devido a essa onda tuning, que leva à instalação de grande quantidade de acessórios, como amplificadores muito potentes, luzes de néon e DVD, entre outros.

Matérias relacionadas

Comentários

  1. que tipo de bateria ideal para o corsa sedan 99, posso usar uma de 80 amperagem no carro ou 70, se for atendido obrigado

  2. Quero saber se já aconteceu com algum de vcs da polia do virabrequim ter rodado e ter saido fora de ponto, isso por duas vezes aconteceu comigo na mesma semana e em lugares diferentes e nas duas foi notado ao ligar o ar cond. com o carro em marcha lenta,sera problema no compressor do ar?

  3. Quero saber se já aconteceu com algum de vcs da polia do virabrequim ter rodado e ter saido fora de ponto, isso por duas vezes aconteceu comigo na mesma semana e em lugares diferentes e nas duas foi notado ao ligar o ar cond. com o carro em marcha lenta,sera problema no compressor do ar?Há e um carsa wegon/gls/99/1.6

  4. meu corsa começou com um barulho como fosse a correia do alternador
    e depois parou com barulho,e levei no eletricista o alternador está gerando baixo, luz da bateria nâo acende mas;

  5. Gostaria de saber qual o alternador de maior amperagem que posso ligar em um corsa hatch 2006/2006 sem maiores problemas de adaptacao ?

    Se alguem souber, por favor me indique marca e modelo do mesmo.

    Grato

    cesar

  6. Tenho um corsa classic ano 2005 , esta com baixa quilometragem, ultimamente , estou tendo ploblema de bateria, esta descarregando constantimente so funciona dando no popular a conhecida chupeta , levei em um eletrecista e ele me informou depois de inumeros testes, que se tratava do regulador de voltagem que está carregando com carga insuficiente a bateria , que o alternador , bateria , alarme , vidros eletricos e ar condicionado estão em perfeitas condição será possivel preve este tipo de defeito, pois tenho receio de trocar está peça e percistir o defeito . por favor peço uma orientação desde já agradeço.

  7. gostaria de uma ajuda, verifiquei um barulho no motor vindo entre o rolamento do esticador e o alternador (tec-tec-tec) foi trocado a correia frisada,rolamentos e segundo o mecanico os rolamentos do compressor estao bom, só que pondo uma chave de fenda em cima do suporte do esticador e pondo no ouvido se escuta o barulho, não sei o que fazer.

Faça um comentário





 

Error. Page cannot be displayed. Please contact your service provider for more details. (9)